O Choro

Definido por Heitor Villa-Lobos como a “essência musical da alma brasileira”, o choro é considerado o primeiro “gênero musical genuinamente nacional”.

O Choro, autêntica música instrumental brasileira, ricamente elaborada em três vertentes: melodia, harmonia e ritmo, acrescidos do tempero da improvisação e da singeleza dos regionais, nasceu na segunda metade do século XIX, entre a população menos abastada da cidade do Rio de Janeiro, a partir de uma mescla de elementos de ritmos europeus como o minueto, a valsa e a polca com o ritmo lundu de origem africana, resultando em um gênero genuinamente brasileiro.