O Quarteto lança o disco “Só Alegria”, composto e arranjado pelos músicos Rogério Caetano (violão de 7 cordas), Luís Barcelos (bandolim), Celsinho Silva (percussão) e Eduardo Neves (flauta / saxofone).

Juntos, os artistas mostram um trabalho despojado com muita criatividade, e improvisação.

Com um alto nível de virtuosidade e ao mesmo tempo nuances líricas, mesclam composições próprias os temas dos cancioneiros brasileiros, utilizando- se de suas respectivas bagagens internacionais, em composições autorais, com base no samba, choro, valsa, baião, música latina e africana.

Celsinho Silva”, filho de Jorginho do Pandeiro e sobrinho de Dino 7 Cordas, iniciou sua carreira em 1976, e, de lá para cá, já tocou com inúmeros artistas, dentre os principais: Nara Leão, Dominguinhos, Joel Nascimento, Radamés Ignattali, Turíbio Santos, Elizeth Cardoso, Cristina Buarque, Moraes Moreira, Nelson Cavaquinho, Roberto Ribeiro, Marisa Monte, Ademilde Fonseca, D. Ivone Lara, Conjunto Época de Ouro, Rildo Hora, Guinga, Chico Buarque, Nelson Sargento, Geraldo Azevedo, Leila Pinheiro, Beth Carvalho, Ivan Lins, Ney Matogrosso e Paulinho da Viola (cuja banda integra desde 1980).

Eduardo Nevesӎ arranjador, compositor, flautista e saxofonista.

Iniciou sua carreira aos 16 anos, e aos 19 já integrava a banda de Tim Maia e de Luís Melodia. Desde então, já acompanhou diversos grandes nomes, como: Johnny Alf, D. Ivone Lara, Moacir Santos, Elza Soares, Milton Nascimento, Época de Ouro, Elton Medeiros, Paulinho da Viola, Frank Sinatra Jr, Omara Portuondo, Maria Bethania, Roberta Sá, Cauby Peixoto, Joyce, Guinga, Hermeto Pascoal, Paulinho Moska, Hamilton de Holanda, Seu Jorge, Marcos Suzano, Ed Motta, Zeca Pagodinho, Elza Soares e Maria Shneider.

Foi premiado pelo Premio visa de música com o grupo “Trato a três” e pelo prêmio da música com o Grupo “Pagode Jazz Sardinhas Club”.

Luís Barcelos”é arranjador, compositor e bandolinista.

Tem como foco do seu trabalho a música carioca, principalmente o choro e o samba. Como solista venceu o festival de choro de Curitiba com a composição “Um Sábado Na Urca”. Atualmente, integra diversos grupos instrumentais, além de acompanhar artistas como Yamandu Costa, Nina Wirtti, Délcio Carvalho, Pedro Miranda, Nicolas Krassik, Henrique Cazes, Áurea Martins, Grupo Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho e outros.

Rogério Caetano” é um virtuose do violão de 7 cordas, representando uma nova escola desse instrumento. Tendo sempre o choro e o samba como suas principais referências, já alcançou seu lugar ao lado dos grandes nomes do violão brasileiro. Com um método destinado ao instrumento e uma discografia de 3 álbuns próprios, dois indicados ao prêmio da música brasileira(2007/2013), e um ao Grammy latino(2009), vem difundindo sua arte no Brasil e exterior. Possui trabalhos em parceria com Yamandu Costa, Hamilton de Holanda e Marco Pereira e é um dos músicos mais atuantes do mercado fonográfico brasileiro, já gravou ao lado de grandes artistas, como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Dona Ivone Lara, Monarco, Ivan Lins, Maria Bethânia, Nana Caymmi, entre outros.

Release em pdf